ArtigosThe Sims 4

The Sims 4: Próxima Expansão Pode Decepcionar como Pacote de Star Wars?

Equipe The Sims se vê diante de um verdadeiro campo minado frente ao desenvolvimento de novas temáticas a medida em que a comunidade exige melhorias para conteúdos já existentes.

No dia 27 de agosto de 2020, foi lançado oficialmente o trailer daquele que que seria considerado o pacote mais mal recebido da história da franquia The Sims, estamos falando do “The Sims 4 Star Wars – Jornada para Batuu”.
O jogo, inspirado no universo de Star Wars, foi bombardeado por todos os lados nas redes sociais, e seu vídeo de divulgação no youtube bateu recorde de dislikes entre todos os vídeos disponíveis no Canal Oficial do The Sims.

É fato que a temática de Star Wars foi determinante para alimentar a raiva da comunidade, mas o sentimento de insatisfação explodiu no momento em que as pessoas consideraram que tal pacote não fazia o menor sentido, principalmente ao levar em conta a extrema demanda por conteúdos considerados essenciais e esperados há muito tempo, como beliches, recém-nascidos melhorados, carros e fazendas.

O que se viu nas principais redes sociais há algumas semanas foi um evento inédito e histórico para a franquia The Sims, em que produtores do jogo e também a EA foram bombardeados por todos os lados, de todas as formas possíveis. Pessoas insatisfeitas sempre existiram, sempre reclamaram, e são fáceis de serem encontradas, mas com o The Sims 4 Star Wars, todo o imbróglio foi elevado a outro patamar, com rotas de excessos sendo tomadas, e muita gente transmitindo seus pensamentos de forma raivosa e ameaçadora, sendo que muitos deles eram destinos à Equipe The Sims. A situação chegou em um nível tão alarmante que Lyndsay Pearson, Gerente Geral da Maxis e Produtora Executiva do The Sims 4, publicou uma carta de esclarecimento no portal oficial da franquia para tentar acalmar os ânimos dos Simmers e dar algumas satisfações.

Em uma parte da carta, Lyndsay Pearson afirmou que a Equipe The Sims possui consciência dos recursos que a comunidade está esperando, e adiantou que a próxima expansão não será sobre fazendas, de modo a tentar evitar que a comunidade alimentasse novamente falsas esperanças e posteriormente se decepcionasse. Mas o que realmente chamou a atenção foi um treco onde é dito que haverá um esforço maior para comunicar os próximos conteúdos da franquia com mais regularidade e transparência.

A questão envolvendo uma maior transparência por parte do The Sims Studio em comunicar conteúdos futuros é algo muito peculiar, pois não é de hoje que a Maxis demonstra dificuldades para lidar com esse tipo de estratégia. Quem não se lembra dos teasers trimestrais que davam pistas sobre o que estava por vir na franquia? Eles foram encerrados em julho de 2018, para pouco tempo depois darem lugar ao “Maxis Monthly”, uma transmissão ao vivo mensal feita pela Equipe The Sims com o intuito de falar e mostrar (embora nem sempre) o que estava por vir no jogo, tendo basicamente a mesma premissa dos extintos teasers trimestrais. O problema é que as transmissões do Maxis Monthly também acabaram, e desde então, não sobrou mais nada.

É impressionante o quanto a Maxis vem batendo na trave no que diz respeito a transparência, fora que mesmo que ela fosse um primor nesse aspecto, divulgando eventualmente uma prévia do que o The Sims 4 está para receber, isso não mudaria a possibilidade das pessoas continuarem insatisfeitas, pois o problema não se trata de revelar com antecedência o que está por vir, mas sim não entregar o que a comunidade deseja em tempo hábil. Se o conteúdo solicitado chegasse no momento certo, não seria sequer necessário teasers trimestrais ou transmissões ao vivo para dar aguçar a curiosidade das pessoas, até porque, essa prática acaba mais parecendo uma forma de tentar acalmar os ânimos da comunidade na medida em que controla a expectativa e evita uma raiva potencialmente mais danosa caso todos fossem pegos de surpresa.

Agora, estamos há poucas semanas do anúncio da próxima expansão do The Sims 4, que possivelmente deve ser revelada no máximo até a segunda semana de outubro, e lançada em novembro. Até o momento, ninguém sabe qual será a sua temática, e não há qualquer pista sobre isso. A questão é: será que essa expansão vai agregar ao jogo e agradar a maior parte da comunidade, ou se tornará  um grande divisor de águas? É possível introduzir uma temática completamente nova ao jogo, e que incremente bem o dia-a-dia dos Sims, como uma expansão de esportes, por exemplo, mas também é possível adicionar um tema inédito que simplesmente não seja visto como algo essencial, útil ou bom.

Eu diria que a Maxis está com a faca e o queijo na mão, e certamente muito bem preparada para possíveis reações adversas, principalmente após o The Sims 4 Star Wars – Jornada para Batuu, pacote o qual ela já sabia que não iria agradar antes mesmo de seu anúncio, tanto que os produtores mal falaram sobre o jogo nas redes sociais, e sequer fizeram uma live de gameplay para mostrá-lo ao público. Será que a Equipe The Sims iria ficar de bico fechado e adotar a mesma tática do silêncio caso a expansão seja tão mal recebida quanto o pacote anterior inspirado em uma Galáxia muito distante? Por ser uma expansão, improvável, mas não impossível.

O gatilho da comunidade já está bem posicionado, e os holofotes e expectativas já direcionados para o que está por vir. Se a próxima expansão não agradar, o gatilho de Star Wars será puxado, e revidado em mais um novo conteúdo, e a explosão… talvez seja ainda maior desta vez.

Mas vamos torcer para que tudo ocorra bem.

SimsTime

Como editor do SimsTime, o meu trabalho por aqui é trazer diariamente notícias, novidades e informações relacionadas ao mundo Simmer, mantendo todos sempre bem informados!

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo