ArtigosArtigos ExternosThe SimsThe Sims 4

Como Jogar The Sims Mudou a Vida de uma Autista para Melhor

O relato de uma autista sobre como o The Sims melhorou a sua vida.

Confira abaixo essa matéria incrível feita por Ava – avazula que contou no site medium.com o por que do The Sims ter mudado a sua vida para melhor!

Eu nunca fui um jogadora. No colegial, eu assistia meus amigos jogarem durante encontros de sábado à noite, mas ficar atrás do teclado nunca foi algo pra mim. Sendo apaixonada por arte, ocasionalmente tentava jogos incrivelmente bonitos como Child of Light, mas facilmente me entediava e voltava aos meus desenhos e caminhadas habituais. No entanto, quando meu parceiro começou a jogar The Sims recentemente, eu me vi assistindo ao jogo tarde toda. Quando eles se cansaram de me ter ao lado “sugerindo” (entenda: gritando instruções) sobre quais ações os Sims deveriam fazer, eles compraram o jogo pra mim para que eles pudessem jogar em paz.

Eu pensei que iria me divertir por algumas horas e depois perder o meu interesse como sempre. Mas já faz alguns meses e ainda fico ansiosa para jogar sempre que tenho tempo. Achei que era uma lição de vida muito útil e, embora ainda seja nova, acho que minha vida realmente mudou para melhor. Então, como é que um jogo de simulação de vida teve tanto impacto em mim?

I’m so much better at taking care of myself now that I picture myself as a Sim. Ava — avazula

Lembrando de Atender às suas Necessidades Básicas

Se você não conhece o jogo (o que é muito improvável uma vez que você está lendo este artigo em um site sobre The Sims), no The Sims você deve gerenciar os personagens ao longo do dia e fazê-los alcançar seus sonhos … ou torná-los infelizes (ou fazê-los ter uma vida normalzinha – quem faz isso?). Eles têm necessidades básicas a serem satisfeitas – fome, sono, higiene etc., retratados como medidores na parte inferior direita da tela. Se você não os fizer comer, dormir ou tomar banho com frequência suficiente, eles serão miseráveis ​​e as coisas podem até ficar terrivelmente ruins eventualmente.

Como Jogar The Sims Mudou a Vida de uma Autista para Melhor

Como uma pessoa autista, considerar minhas necessidades básicas como indicadores preenchidos até um certo nível foi uma mudança de vida. Existem certas sensações que não tenho (como fome), e tomar banho é realmente uma luta diária para mim. Depois de jogar os Sims, percebi que, mesmo que não consiga sentir quando algumas de minhas necessidades não são satisfeitas há algum tempo, posso estimar quando devo fazê-lo com base na última vez que o fiz. Ao visualizar mentalmente minhas necessidades básicas como indicadores, estou mais consciente delas e, portanto, mais propensa a satisfazê-las a tempo.

Se Socializar é Vital

A socialização é considerada uma necessidade básica no jogo. Seu Sim ficará triste/tenso/irritado se você não os fizer conversar regularmente ou sair com as pessoas. Eu não sou bom em enviar mensagens de texto/ligar/convidar pessoas, e acabaria ficando muito solitária e triste porque eu me encontrei com meus amigos pela última vez há três semanas. Retratar minha vida social como uma necessidade vital me deu forças para sair e me encontrar com meus amigos com mais frequência. E realmente me sinto melhor desde que estou fazendo isso.

Como Jogar The Sims Mudou a Vida de uma Autista para Melhor

Carreira Não é Apenas o seu Trabalho

Eu venho de um país em que uma das primeiras perguntas que você faz quando conhece alguém é “o que você ffaz da vida”, como se seu trabalho fosse a principal (se não apenas) coisa que descreve a pessoa que você é. Ava – avazula

Todo Sim tem uma grande aspiração na vida que o faria ganhar muitos créditos se você o fizesse alcançar seus sonhos. Elas podem ser sobre crescimento profissional – como se tornar um grande atleta ou um médico talentoso, mas também pode ser sobre ser ótimos pais ou dominar mais de três habilidades. Eu venho de um país em que uma das primeiras perguntas usadas para conversa fiada é “o que você faz da vida”, como se seu trabalho fosse a principal (se não apenas) coisa que descreve a pessoa que você é. Isso não leva em conta o fato de que você pode fazer um trabalho que odeia porque é o único que encontrou quando teve que colocar comida na mesa, ou talvez tenha uma deficiência invisível que o impeça de trabalhar. Isso significa que você não vale nada porque está desempregado ou tem um emprego de merda? Acho que não. Por isso, foi ótimo ver um jogo em que seu crescimento pessoal não se resume apenas à sua carreira profissional.

Como Jogar The Sims Mudou a Vida de uma Autista para Melhor

Os Relacionamentos Têm Altos e Baixos

No jogo, as relações entre os personagens são medidas com indicadores de boas/más interações. Pode acontecer que o seu Sim conte uma piada de mau gosto e isso agrave o relacionamento com alguns pontos ruins adicionados. Ou então talvez um Sim tenha deixado o prato no balcão e outro faça uma birra por não ter limpado depois deles. Felizmente, você pode ter algumas interações positivas que fortaleceriam o vínculo entre os Sims e preencheriam a lacuna. Essa foi uma grande lição para mim: uma única interação ruim com alguém não significa que o relacionamento acabou. Minha mãe não para de me amar porque eu esqueci de ligar para ela no domingo. Peço desculpas profusamente e me sinto mal por dias nesse tipo de situação, pensando que sou uma pessoa terrível. Agora, posso simplesmente dizer “desculpe não ter telefonado para você” e guardar isso em algum lugar da minha mente para ter menos chances de esquecer da próxima vez.

Você Precisa Relaxar, Mesmo se Você Ama o seu Trabalho

Se o seu Sim está dando o melhor de si há algum tempo, ele fica tenso e pede um dia de folga – mesmo que esteja realizando o trabalho dos seus sonhos. Tendo ficado sem-teto nos dois primeiros anos da minha vida, cresci com a ideia de que trabalhar é tudo e aprendi a trabalhar até a exaustão. Eu saía de casa antes das 7h, voltava às 19h30, fazia as tarefas com meu parceiro e depois desmaiava na cama. Foi muito difícil o meu relacionamento com meu parceiro. Desde então, decidi fazer os dias mais curtos no trabalho e planejar um tempo para relaxar sozinha e com meu parceiro. Era difícil não sentir preguiça, mas isso me tornou mais eficiente no trabalho e melhorou meu relacionamento também!

Como Jogar The Sims Mudou a Vida de uma Autista para Melhor

Ambientes Limpos Fazem Você Feliz

Isso foi complicado para mim. A casa da minha família era uma bagunça e eu aprendi a limpá-la quando antes de ir pra faculdade e ter um lugar só meu. Minha casa está limpa desde então, mas eu ainda tinha dificuldade em mantê-la arrumada. Observar meus Sims ficarem bravos em um ambiente sujo e/ou confuso foi a bandeira vermelha que eu precisava para perceber que talvez eu pudesse me sentir mais relaxada em um espaço organizado.

Como Jogar The Sims Mudou a Vida de uma Autista para Melhor

Embora tenha sido provado que os video-games podem mudar o mundo para melhor, nunca esperei que um software tão inocente me ajudasse a melhorar a minha vida. Eu pensava que jogar era apenas relaxar, mas agora percebo como o tempo de lazer é importante para o seu bem-estar e como ele pode ajudá-lo a crescer

Fonte
Medium
Tags

SimsTime

Depois de surfar uma onda de plumbobs e conversar com uma lhama no ShangSimla, este que vos fala está mais do que preparado para mantê-los informados sobre todas as novidades do mundo Simmer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar