EA

EA Perde na Justiça Brasileira e Pagará R$ 7 Milhões por Uso Indevido de Imagem

EA deverá pagar uma quantidade de até R$ 7 milhões.

Por conta de uso indevido de imagem de diversos atletas que atuaram em clubes de futebol aqui no Brasil, a Electronic Arts terá que pagar cerca de R$7 milhões. O texto é pelo The Enemy:

EA, desenvolvedora por trás da franquia FIFA, terá de pagar R$ 7 milhões em multa por usar, indevidamente, imagem de atletas que atuaram por clubes mineiros. A decisão judicial foi feita pela juíza Monica Di Stasi, da 3a Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, e ainda é passível de recurso pela desenvolvedora.

A ação movida pelo SAFEMG (Sindicato de Atletas de Futebol do Estado de Minas Gerais) diz respeito a mais de 200 jogadores, que colocaram em questão suas aparições em games que datam desde FIFA 2005 e vão até FIFA 16; o mesmo vale para os jogos do FIFA Manager 2006 ao 14.

Entre os nomes mais famosos envolvidos no processo, estão Diego TardelliÉverton RibeiroFredEdu Dracena e Ricardo Goulart. Todos tiveram passagem por um clube mineiro durante esse período, e moveram a ação em conjunto com o SAFEMG.

Apesar de já ter atingido uma cifra milionária, o valor requerido originalmente era quatro vezes maior – a decisão da juíza fixou a pena em R$ 5 mil por cada aparição de jogador; no total, o montante alcança os R$ 7 milhões. Além disso, os jogos terão de ser retirados de comercialização, sob pena de R$ 100 mil caso a distribuidora não os tire do ar.

As complicações entre a EA e os atletas brasileiros não se limitam apenas aos jogos citados: atualmente, FIFA 19 possui jogadores genéricos nos clubes nacionais que estão no game, enquanto o concorrente Pro Evolution Soccer possui um licenciamento muito mais amplo, contando até mesmo com excelentes reproduções de estádios como Allianz Parque.

Isso ocorre pelo estilo de negociação adotado pelo futebol brasileiro. Ao invés de ter apenas um órgão que representa todo o campeonato, como ocorre na Premier League, os clubes do Brasil precisam ser contratados um a um para permitirem que seus jogadores apareçam no game.

Fonte
The Enemy
Tags

SimsTime

Depois de surfar uma onda de plumbobs e conversar com uma lhama no ShangSimla, este que vos fala está mais do que preparado para mantê-los informados sobre todas as novidades do mundo Simmer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar